Crítica 2D | No Olho do Tornado

Qualidade técnica impressiona muito mais do que o roteiro.


Título Original: Into the Storm
Lançamento: 28 de agosto de 2014
Gênero: Ação, Suspense.
Elenco: Richard Armitage, Sarah Wayne Callies, Matt Walsh, Max Deacon.
Direção: Steven Quale.
NOTA:

No Olho do Tornado deve ser muito comparado ao épico Twister, de 1996. Não é à toa, já que seus elementos em comum são bastante óbvios: tornados, grandes efeitos especiais e a luta pela sobrevivência. A diferença aqui é que a nova produção de Steven Quale (Premonição 5) traz uma história rasa, com um roteiro limitado. Talvez o grande mérito dessa produção é que os protagonistas não tentam fugir dos tornados - eles estão à caça deles para produzir o maior filme da história: entrando no olho do tornado. Proporcionando, assim, momentos épicos e cenas de tirar o fôlego.

Os efeitos especiais empregados no longa são de uma qualidade exorbitante - mesmo que tudo seja muito computadorizado. Os tornados que se formam lentamente, ao longa dos cenários, e vão tomando forma e velocidade geram aflição e são muito críveis. Mesmo com alguns diálogos fúteis e personagens com determinações básicas, é a escrita das cenas de ação, com a direção de mão firme de Quale, que fazem valer o ingresso. A maneira como se usam os cenários para impor ainda mais perigo e, em alguns momentos, até claustrofobia, é de um trabalho técnico impressionante.

A sonoridade dos ventos, a quase nula trilha sonora e os gritos desesperados de seus personagens colocam o espectador em uma situação excitante e tensa e imprimem um estilo épico ao longa - que traz uma fotografia ampla, densa e tons azulados escurecidos (que remetem muito ao estilo de seu Premonição 5). A forma como Quale alterna entre câmeras em primeira pessoa e filmagens convencionais até inovam, mas pouco têm à adicionar. A procura incessante do diretor em dramatizar essas cenas acabam comprometendo toda a inovação e tensão do filme, resultando em uma história limitada e muito clichê.

Mesmo com personagens limitados, o elenco consegue entregar boas atuações, com destaque para Richard Armitage e sua psicologicamente abalada forma de buscar pelos seus filhos e a atuação profunda de Max Deacon - que deve arrancar lágrimas do público em cena onde grava um recado para sua família com bastante emoção (um ator pra se ficar de olho). O restante não brilha pela falta de profundidade, já que o enredo limita-se apenas a determinar o que cada personagem deve ser - como o mocinho em busca da família, a mocinha que faz de tudo pela filha, o senhor que não se preocupa com os outros e o romance adolescente. Até mesmo a esperta personagem de Sarah Wayne Callies (The Walking Dead), que traz mais drama ao sentir falta de sua pequena filha, não consegue levar o crédito.

No Olho do Tornado acaba não atingindo o nível de seu inspirador, Twister, mas empolga em suas cenas de ação e traz momentos épicos inesquecíveis. A qualidade técnica impressiona e seu elenco carismático não deixa que os espectadores saiam antes dos créditos finais. A boa notícia, é que temos um grande filme na temporada, que não decepciona ao entregar um blockbuster tenso, empolgante, grandioso e promissor. Quer uma dica? Assista em 4D e vivencie uma experiência inesquecível. Vale o ingresso. [uma pena que não chegue às salas IMAX do Brasil]
Próxima
« Anterior
Anterior
Próximo »

POLÍTICA DE COMENTÁRIOS: O Cine 3D é um espaço público e coletivo. Todos os comentários e opiniões são muito bem vindos, mas para que tenhamos um ambiente agradável, precisamos respeitar os princípios básicos da boa convivência. Quaisquer comentários ofensivos, que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP, invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa, ou que não estejam de acordo com os assuntos tratados no site, serão excluídos e o autor dos mesmos estará sujeito a banimento. Caso você veja algum comentário ofensivo, que você acha que precisa ser eliminado, por favor, sinalize-o para os moderadores do site. Desde já agradecemos a sua colaboração! ConversionConversion EmoticonEmoticon